"A casa dos meus delírios literários"


Palavras escritas são como melodias perfeitas,
que precisam de ritmo
ou vão "gritar" aos ouvidos sem nada dizer.
- Kane Ryu


HOME - MY LIVEJOURNAL - MY TWITTER - CONTOS SOBRENATURAIS - RÁDIO DIGITAL RIO ONLINE


quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 14

Sabe aquele negócio de vampiros e lobisomens terem olfato apurado ser muito constrangedor, especialmente em algumas situações? Quando o assunto é só lobos, fica só no constrangedor, afinal um lobo vai te achar fedorento e simplesmente se afastar, ou te zoar se for mais íntimo. O problema é quando topa com um vampiro.

Lobos são seres territoriais e por isso vivem geralmente em comunidades afastadas, indo as cidades humanas eventualmente. Já o instinto territorial dos vampiros parecem mais com os dos colonizadores portugueses quando chegaram no Brasil e encontraram os índios, ou da Máfia. Ou seja, coitado de quem se meter com eles.

Eu, claro, descobri isso da pior forma possível. Sou nascido e criado no Rio, mais especificamente em Jacarepaguá. Vi as dunas da Barra assim como a inauguração do primeiro shopping. Minha família morou por muito tempo em um apartamento em um dos bairros pertencente a velha fazenda que existiu na região. Quando meu pai morreu, minha mãe mudou para Copacabana e eu fiquei no apartamento. Adoro Jacarepaguá.

Como morava sozinho, não podia me dar ao luxo de perder meu emprego e por isso sempre sobrava os piores trabalhos no jornal. Por isso, todo fim de ano era a mesma coisa, meu chefe me "presenteava" com um convite para uma festa vip de celebridades que eu simplesmente odiavar ter que ir. Só que o "presente" não tinha como devolver, pois se eu não escrevesse uma matéria sobre as fofocas que rolaram na festa, era rua. E como não era minha área no jornal, meu chefe arrumou um pseudônimo feminino, para ter "credibilidade". O que era ótimo, afinal eu não queria ter meu nome em tal tipo de matéria.

Foi em uma dessas festas de fim de ano que descobri o quanto pode ser perigoso ter o cheio de vampiro. Um vampiro tem poderes e como humano, eu tinha só um pescoço para arriscar.

Eu cobria um evento de uma TV local para o jornal e o evento me irritava mais do que eu podia disfarçar. Eu, sinceramente, preferia um livro a TV, especialmente com a programação da época, repleta de reality show e programas repetitivos e tediosos.

Estava na festa contrariado e o que era ruim, se tornou insuportável. Eu tentava prestar atenção em algo. Um escândalo que fosse, para deixar meu chefe feliz e ir embora, mas nada acontecia na festa e foi naquele momento que eu vi um morena de fechar a Sapucaí.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 13

O que temos por céu e por inferno é uma metáfora para nossas almas conflitantes. Dentro de nós temos a luz e a escuridão. Somos anjos e demônios, mensageiros e gênios da criação. Então como saber o que é certo e o que é errado? Simples, é só seguir o coração. Não adianta seguir costumes. Não adianta seguir os instintos. Não adianta se rebelar contra o sistema. É preciso acreditar e amar intensamente suas convicções.

A sintonia entre dois seres é igual. Quando dois corações entram em uma sintonia perfeita, ela nunca será quebra. Paixões avassaladoras são como tempestades, vem e vão. Amar é simplesmente estar ao lado de alguém, apenas para ver essa pessoa sorrir.

O céu vermelho indicava o inverno chegando novamente. Em Resende o frio era intenso e a noite já obrigava o uso de casacos para sair, pois a cidade fazia parte da região serrana do estado do Rio de Janeiro.

Já havia passado meses desde que Charlotte tinha visto Ben pela última vez. No entanto, uma certa desolação tomava conta do coração da lobisgirl, diante daquele crepúsculo vermelho. Eu a encontrei na janela de casa olhando o céu, com olhar perdido. Era visível que ela se sentia arrependida por sua escolha. Se afastar de Ben foi a coisa mais difícil que teve que fazer e se manter longe era ainda pior. Porém situações extremas pedem medidas igualmente radicais. Ben havia sido jogado em meio ao mundo das sombras e descobrir o segredo da escuridão nunca era fácil para um humano.

sábado, 16 de outubro de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 12

"O mundo real é algo inventado pela humanidade para explicar o inexplicado, que varia com a época, com os pontos de vista e com as coisas que temos coragem em dizer em voz alta." - Kane Ryu


Quando ele entrou, atrasado ao encontro, foi impossível não reparta nele. Afinal, era um tipo não muito comum no Rio. Loiro, alto de olhos azuis, uns 20 anos, cara de garoto maroto e um sorriso de derreter iceberg.

O encontro de fãs de E.H.Mattos tinha tipos bem variados e de faixas de idade diversas também. A autora escrevia para um público bem diversificado, já que em seus livros havia ação, romance, conflitos, histórias triste e outras mais felizes. Era difícil alguém que gostasse de literatura fantástica resistir as histórias da autora, sempre encontrava algo que o fazia querer ler mais. Fosse um personagem interessante, ou uma trama em particular. Sem contar as histórias de conspiração como subtexto, que trouxe fãs incomuns para o fandom de Mattos. Alguns juravam que a sociedade dos vampiros, mencionada nos livros de E.H.Mattos, era real... O fandom de Arquivo X, é claro, o qual ficou órfã e tinha achado nos livros da autora, um novo lugar para debater as conspirações. Os excers são legais, mas meio paranóica com essas coisas de conspiração. Eu particularmente acho que se vampiros existissem, já teríamos trombado com algum. Se bem que, provavelmente, quem trombasse com um não iria conseguir contar a história. Afinal alguns tinham a capacidade de apagar a mente alheia. Mas também tinha a possibilidade de não sobreviver ao encontro... Será que os excers tem razão?

domingo, 3 de outubro de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 11

"O limite do que é real e do que não é, está nos olhos de quem vê." - Kane Ryu


Quando entrei no meu quarto de hotel, estava tão feliz e distraída, que só percebi que não estava sozinha, depois que passei a chave na porta.

Se fosse apenas um homem, provavelmente eu teria tempo de abri a porta e sai correndo pelo corredor. Afinal não seria idiota de parar e perguntar “quem é?” como as mocinhas de filme de terror costumam fazer... As que morrem, devo ressaltar. Só que ele era um vampiro e num piscar de olhos, lá estava, parado as minhas costas, me impedindo de virar a chave e sair do quarto.

_ Sabe quem sou, não seja tola. _ o vampiro sussurro no meu ouvido me causando arrepios.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 10

"Quando se vê além do mundo dito real, uma simples viagem pode ser mais emocionante que as pessoas normais podem imaginar." - Kane Ryu

Desde que conheci a ruiva que sempre fica irritada quando a chamo pelo nome, mas que parece começar a aceitar o apelido que dei a ela, que minha vida chata de jornalista de jornal de interior deixou de ser... Assim tão chata.

O mais incrível foi saber que meu ex-cunhado não ficou nem um pouco surpreso, quando me pegou com Charlotte na piscina da casa do meu pai, no último Natal, a qual estava completamente nua... Por quê? Porque os dois se conheciam.

Não é nada do que estão pensando.

_ Oi, Kane! _ diz Charlotte ao vê-lo, sem ficar nem um pouco abalada pelo fato de está completamente nua, comigo, dentro da piscina.

_ Como assim?! Vocês se conhecem? _ perguntei olhando para ambos alternadamente, incrédulo.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 09

Esse é um dos meus audiocontos, que foi ao ar na rádio Digital Rio, que agora encontra-se em forma de video no Canal do Contos Sobrenaturais e no Y!Video Digital Rio. Além de estar no Y!Video de Anny Lucard.

Segredo da Escuridão - Uma Nova Tradição

video

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 08

Muitas vezes é inevitável dois mundos se cruzarem. O problema é sempre quanto as consequências de tal acontecimento. Os traumas e choques que pode ocorrer. Algumas coisas são relevantes por um tempo, outras serão inesquecíveis e eternas... Mas nunca estamos preparado para as mudanças que vem com elas.


Segredo da Escuridão - Histórias Perdidas

Zack visita o Rio


A dois dias que Zack havia voltado, sabe-se lá de onde e Jessi não suportava mais o comportamento distante do vampiro. A caçadora estava preocupada com ele. (Ah, sim, Jessi é uma caçadora de vampiro e tecnicamente deveria estar caçando Zack, não se preocupando com ele.) Ela também sentia tanta falta de Zack perturbando-a às 2 da madrugada, que saiu para a aula aquela noite, decidida a interrogá-lo. Iria as aulas, pois não podia mais faltar, se quisesse manter o disfarce de aluna universitária, mas depois ia direto para o quarto de Zack ou o "caçaria" pela universidade. Não dormiria sem resposta aquela noite.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 07

"Deste Planalto Central, desta solidão em que breve se transformará em cerébro das mais altas decisões nacionais, lanço os olhos mais uma vez sobre o amanhã do meu país e antevejo esta alvorada, com uma fé inquebrantável e uma confiança sem limites no seu grande destino".

Juscelino Kubistchek


Segredo da Escuridão - Histórias Perdidas

Cidade Futurista


(Texto transcrito por Kane Ryu)

Nos últimos tempos o que mais se ouvia na capital do Brasil, o Rio de Janeiro, era sobre a construção da nova capital "lá no meio do mato".

Confesso que não me contive e tive que ver com meus próprios olhos. Eu que via as belezas de cidades como Roma e presenciei a construção de Washington D.C., nos Estados Unidos, não pude resistir a curiosidade. Especialmente quanto a dita arquitetura revolucionária da nova capital, que ganhou o curioso nome de Brasília.

domingo, 18 de abril de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 06

Quando se é um xereta profissional... Quer dizer jornalista. Temos a tendência a buscar pela verdade em palavras, que nos parecem soar mentirosas. Infelizmente algumas vezes é melhor não saber.

Mas como resisti a tentação de desvendar a mente do ser amado, quando a chance cai em seu colo.


Segredo da Escuridão - Histórias Perdidas

Lapa dos Boêmios e Vampiros


(Texto transcrito por Kane Ryu)

Creio que devia acreditar que um marinheiro deve ter uma lábia irresistível, mas depois de meses ouvindo sobre o quanto a noite da Lapa é incrível, resolvi aceitar o convite. Sendo que essa paixão pelo lugar, vem da época que eramos meros turístas na Cidade Maravilho, o que me despertou a curiosidade tenho que admitir. O que teria esse lugar de tão especial?

Afinal, resolvi ir a Lapa, não por ser meu marinheiro francês bom de papo, mas porque estava mesmo curiosa. Ele sabe ser irresistível quando quer, é verdade, mas ainda assim nunca faço o que não quero.

Dancei a noite toda em seus braços e também com alguns chamosos rapazes, que frequentavam o lugar onde fomos dançar. Mantendo sempre o respeito, porque mesmo que a Lapa fosse frequentada por mulheres de caráter duvidoso, eles pareciam não querer arrumar problemas com a dama, que estava na companhia daquele que chamavam de "Malandro francês".

"Não podiam imaginar que a dama que era o perigo."

domingo, 21 de março de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 05

Quando uma amiga me contou seu estranho sonho, senti um calafrio percorrer a espinha...



Havia várias noites que dormia sozinha e ao acordar em plena a madrugada, lá estava ele.

Era lindo como um anjo, mas com um sorriso safado, que me fazia pensar em um adorável demônio.

Algumas vezes ele se contentava em ficar sentado na poltrona, que tinha próxima a minha cama, a me observar, mantendo o rosto coberto por seu chapéu branco, do estilo daqueles que os famosos malandros da Lapa usavam... No entanto, não cobria o suficiente, para esconder os longos cabelos loiros ligeiramente encaracolados e nem o sorriso diabólico, um tanto sedutor, que ele sempre tinha no rosto. Especialmente quando queria exibir seus ameaçadores e pontiagudos caninos.

quinta-feira, 18 de março de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 04

Quando você vê filmes com tema sobrenatural, você logo pensa nos humanos sendo atormentados por seres como fantasmas, lobisomens, vampiros, bruxas...

Alguma vez já parou para pensar que talvez os humanos gostem de procurar problema?


Segredo da Escuridão - Histórias Perdidas

Curiosidades do Mundo dos Vampiros I

Vocês já conhecem o Ben? Ele se meteu com uma lobisgirl de matar... Bom, creio que figurativamente falando. Lobisomens como ela, não fazem o tipo agressivo, desde que não os provoquem, pois paciência tem limite até para um lobisomem boa praça.

Isso também pode se aplicado aos vampiros, que convivem em sociedade com os humanos. Só que é bom seguir algumas regras básicas no que diz respeito a eles.

domingo, 14 de março de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 03

Quando é dia, tudo que existisse em minha vida parece comum. Trabalhar, pagar as contas, se deliciar com pequenos prazeres, como a comida favorita... Porém, basta cair a noite, que um mundo completamente diferente surgem e nada mais faz sentido.


Segredo da Escuridão - Histórias Perdidas

Visita Noturna - parte 2




Depois de um bem-sucedido trabalho de investigação, que resultou em uma matéria com destaque na primeira página. Nada melhor que comemorar com pizza e cerveja. O que foi o suficiente para me apagar cedo... Infelizmente não faço o tipo muito resistente a bebida e mesmo que adore uma loira gelada, minha fraqueza sempre me leva a nocaute.

Falando em loira gelada, acordei no meio da noite, só então percebendo que havia dormido no sofá, muito mal acomodado. Enquanto massageava o meu pescoço dolorido, pelo mau jeito da posição em que dormi, uma música chegou aos meus ouvidos. O que era estranho, pois não me lembrava de ter ligado o som.
A música vinha da área dos quartos e fui até lá, constatando que a melodia com certeza vinha do meu quarto e não do vizinho.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 02

Sabe aqueles sonhos realistas, que você acorda tão desnorteado, que nem sabe onde está.

Isso sempre me acontecia quando era adolescente. Sonhos estranhos em terras distantes, as quais nunca coloquei os pés. Sonhos com pessoas "amigas", que eu nunca vi na vida... Foi então que comecei a sonhar com ela. Aquela que é a dona de um talento incrível, para me tirar o bom senso.

Se bem que vivem me dizendo, que eu não tenho bom senso algum. Se tivesse, não teria trocado uma única palavra com ela... Teria saído correndo, sem olhar para trás.

É, talvez eu não tenha mesmo bom senso algum, mas o que faria no meu lugar?


Segredo da Escuridão - Histórias Perdidas

Visita Noturna


Depois de um dia exaustivos, a única coisa que eu pensava era em dormir. Banho e cama, nem consegui comer.

Quando eu cheguei naquele estágio de sono que você confunde a realidade, com seus próprios sonhos, senti algo gélido tocar minha boca. Um doce aroma de perfume floral, rosas se não me engano, tomou conta de minhas narinas e meu lábio inferior foi "delicadamente" mordido.

segunda-feira, 1 de março de 2010

Segredo da Escuridão: Histórias Perdidas 01

Tem épocas que você para e não tem vontade de fazer nada. Em outras...

Vampiros, lobos, anjos, dragões... Todos parecem me perseguir a vida todo. Filmes, séries, livros... Sempre esbarrando com eles. E parece que não vão me deixar tão cedo.

O ano nem bem começou e a necessidade quase vital de escrever sobre eles continua. É como respirar, se não fizer... Morrerei.

Não sei se o que eu escrevo, é algo digno do Prêmio Pulitzer, ou do esquecimento... Só sei que preciso escrever. Idéias loucas, que precisam dar espaço a outras, ou a cabeça explode.

Nunca disse que a arte de escreve é meu dom, mas com certeza contar histórias está no meu sangue. Na minha família há histórias fantasmagóricas, dignas de um episódio com os irmãos Winchester (Série de TV 'Supernatural'). Histórias, que viram lendas de família, chegando aos ouvidos dos descendentes atuais, que vai de sinistra histórias de fantasmas a lobisomens. É sério! Onde ocorreram, ou com quem exatamente ocorreram, isso já se perdeu no tempo, logo é impossível saber se realmente aconteceram.

Só lamento não existir uma história de vampiro na lista... Ainda.


Segredo da Escuridão - Histórias Perdidas

A Vampira dos meus Sonhos

Photobucket

_ Porque você nunca tentou me morder? _ perguntei subitamente, parecendo pegá-la de surpresa.

_ Memória curta a sua...

_ Não estou falando quando está nesse seu estado... Alterado. Falo de nunca ter realmente pensado em me morder... E sei que suas ameaças não passam de brincadeiras.

_ Engraçado... Não é o que deixa transparecer, já que sempre se afasta temeroso.

Ela comenta sem olhar na minha direção, parecendo mais interessada nos desenhos do tapete persa que decorava o quarto.

_ Eu me afasto... Sei lá porquê!

Em um piscar de olhos, ela foi até onde eu estava sentado e se abaixou diante de mim, me olhando fixamente nos olhos, o que me deixou em alerta.

_ Se afasta porque sabe que não é brincadeira.